Dia De Oxumaré

0
729
visualizações

Salve Sua Estrela! O Orixá Oxumaré é o símbolo da continuidade e da permanência. É a cobra arco-íris, representa a riqueza e a fortuna. Rege o princípio da multiplicidade da vida e o transcurso entre variados destinos. Mas, isso ainda é pouco, venha com a gente aprender um pouco mais sobre esse poderoso Orixá !

O Orixá Oxumaré também pode ser conhecido como Òsùmàrè. Ele é o Orixá de todos os movimentos e ciclos. Ele coordena o dinamismo dos movimentos da Terra, portanto, se um dia ele viesse a perder suas forças, o mundo acabaria. É preciso que o planeta não deixe de se movimentar e Oxumaré está como o responsável principal pelos movimentos de rotação e translação. Seus ciclos são os movimentos do mundo. Oxumaré mora no céu e vem à Terra visitar seus filhos por meio do arco-íris. Ele é uma grande cobra envolvendo a Terra e o céu, assegurando a renovação da Terra por meio dos seus ciclos. A história do Orixá Oxumaré começa quando ele é dito como filho de Nanã Buruku e tem origens em Mahi, no antigo Daomé. Ali, é conhecido como Dan. Na região de Ifé é chamado de Ajé Sàlugá, aquele que proporciona a riqueza aos homens. Teria sido um dos companheiros de Odudua por ocasião de sua chegada a Ifé.

Em sua representação de ciclos, ele é homem e mulher. O ciclo da vida junta o masculino e é dessa forma que a vida se perpetua, ainda que Oxumaré seja um Orixá masculino. Assim, Oxumaré pode se configurar como um deus ambíguo, que pertence à água e à terra, que gira e faz com que os ciclos façam a Terra e a natureza continuarem seus ciclos. Ele é a união dos opostos, sintetizando a mortalidade corporal e a imortalidade espiritual de cada um de nós. Oxumaré é transformação. O irmão mais velho de Oxumaré é Omulú, que foi abandonado pela mãe ao ter nascido com o corpo cheio de feridas. E esse era um costume comum da época, quase uma obrigação largar no meio do caminho as crianças com deformidades. De forma oposta ao seu irmão, Oxumaré nasceu com muita beleza, tão bonito quanto o arco-íris. Por isso, passou a viver no alto, percorrendo o mundo sem parar e transformando os ciclos da vida em algo necessário.

Sincretismo de Oxumaré

No catolicismo, o sincretismo desse Orixá é São Bartolomeu, cuja data de celebração é 24 de agosto. E é cultuado tanto no Candomblé quanto na Umbanda, ambos caminhos que nasceram na África e vieram para o Brasil.

NOVIDADES NO CANAL, EM ESPECIAL AO DIA DE OXUMARÉ – TEMA: Oxumaré, Qual área de sua vida será Transmutada? ARROBOBÔI